Consumo de cigarro no Brasil aumenta 34% na pandemia, segundo Fiocruz

Dia 29 de agosto é o Dia Nacional de Combate ao Fumo. Por isso compartilho com vocês um importante alerta: Apesar de o número de fumantes no Brasil ter caído nos últimos anos, [segundo o IBGE, em 2019, cerca de 12,6% da população com 18 anos ou mais, era usuária de produtos derivados de tabaco, enquanto em 2013 esse percentual era de 14,7%.], entre os que continuam com o vício, 34% declararam a um levantamento da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocuz) terem aumentado o consumo durante a pandemia. 

ler mais

A Cetus Oncologia agora é uma empresa do Grupo Mira S.A.

O Grupo Mira S.A. realiza a gestão das empresas coligadas sob a perspectiva de um Escritório de Serviços Compartilhados (ESC) afim de promover otimização dos recursos, sinergia na gestão e integração como um todo. Além da Cetus, o grupo também possui o Instituto Mineiro de Mastologia (IMMA) e agora agrega o Hospital Semper.

A sinergia do Grupo Mira, permitirá o oferecimento de uma linha de cuidados completa para os pacientes de todos os serviços incluídos e agregará valor e qualidade ao serviço prestado a toda população de BH e Região Metropolitana.

ler mais

Check-up mental: mais que necessário

Hoje, Dia Nacional da Saúde, as discussões quase sempre se concentram sobre assuntos que remetem à situação de desvalorização do SUS pelas instâncias de poder público em nosso país e à importância da medicina preventiva. Os temas são, de fato, relevantes. Mas quero propor para a data outra reflexão igualmente necessária: o valor da saúde mental em nossa sociedade.

ler mais

Julho Verde: mês de prevenção ao câncer de cabeça e pescoço

Conhecida como Julho Verde, a campanha promovida pela Sociedade Brasileira de Cirurgia de Cabeça e Pescoço (SBCCP) tem o intuito de chamar a atenção para a prevenção e diagnóstico precoce do câncer de cabeça e pescoço. De acordo com dados do Instituto Nacional do Câncer (Inca), a cada ano surgem 43 mil novos casos de tumores que envolvem essas regiões do corpo humano enquanto o número de mortes chega aos 10 mil.      

ler mais

Exame de sangue em desenvolvimento nos EUA permite mapear cerca de 50 tipos de câncer em estado precoce

Um teste sanguíneo para detectar precocemente pelo menos 50 tipos de câncer vem sendo desenvolvido nos Estados Unidos. Caso seja realmente eficaz e seguro, o Galleri Blood Test, que ainda está sob investigação clínica, ficará disponível em todo o sistema de saúde Providence Health System, que tem sede em Washington, capital norte americana. Isso inclui mais de 50 hospitais e cerca de 1,1 mil clínicas de saúde que atendem a 5 milhões de pacientes.

ler mais

Covid-19: Informações que você, paciente com câncer, não pode deixar de saber

Diante do atual crescimento dos casos de coronavírus, grupos mais suscetíveis aos quadros graves da doença precisam redobrar os cuidados com a prevenção, entre eles os pacientes oncológicos, que vem crescendo a cada ano no Brasil. Estimativas do Instituto Nacional do Câncer (INCA) apontam que somente em nosso país, devem ser registrados 625 mil novos casos de tumores para cada ano do triênio 2020/22.

ler mais

Participantes de pesquisa não são cobaias humanas

O que diferencia um paciente participante de pesquisa clínica de uma cobaia?

Sabemos que para lançar ao mercado novos medicamentos, vacinas ou novos procedimentos terapêuticos, é necessário realizar estudos em seres humanos, o que chamamos de “pesquisa clínica”. Isso porque é importante que se conheça a real eficácia (se resolve o “problema-alvo”) e segurança (quais são os possíveis efeitos indesejados) de um novo produto para saúde antes de ser amplamente utilizado.

ler mais

Câncer de mama – Sinais e Tratamentos

Olá, tudo bem com vocês? Espero que sim. No post anterior feito aqui em nosso blog, minha colega, Drª Nara Andrade, falou sobre a importância do autoexame como método complementar no diagnóstico precoce do câncer de mama.

Hoje, dando continuidade às ações do Outubro Rosa, vamos falar sobre sintomas e tratamentos desta doença, que segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA) deve cometer mais de 66 mil mulheres neste ano, 12% delas com menos de 40 anos.

ler mais

Se toque para a vida

Hoje começa um dos meses mais importantes no calendário da oncologia, dedicado a combater e estimular a prevenção contra o tumor mais incidente em mulheres, atrás apenas do câncer de pele não melanoma: o câncer de mama. As estimativas do Instituto Nacional do Câncer (INCA) apontam que só neste ano serão diagnosticados 66.280 novos casos da doença. 

ler mais

Casos de estresse e ansiedade crescem 80% com pandemia

Antes da pandemia o Brasil já era o segundo no ranking de população mais estressada do mundo, de acordo com uma pesquisa de 2017, realizada pelo International Stress Management Association. Agora, um levantamento recente da Universidade do Rio de Janeiro (UERJ), mostrou que os casos de estresse e ansiedade aumentaram em 80% com o distanciamento social.

ler mais

Fumantes têm 45% mais chances de complicações com a Covid-19

Neste Dia Nacional de Combate ao Fumo, um alerta divulgado pela Sociedade Paulista de Pneumologia e Tisiologia de São Paulo: a pessoa que fuma, ao entrar em contato com a Covid-19, torna-se ainda mais vulnerável, com 45% mais chances de sofrer complicações de saúde. Isso acontece porque o pulmão do tabagista possui, em grande quantidade, uma célula que produz muco para proteger as paredes do órgão das toxinas do cigarro. Esta célula tem uma substância que funciona como âncora para o coronavírus, permitindo a infecção e fazendo com que ela penetre mais profundamente no pulmão.

ler mais

Clínica da Dor: novo serviço do Cetus Oncologia

Pelo menos 37% da população brasileira sente dor de forma crônica. Esse percentual pode aumentar ainda mais com o isolamento social, já que as pessoas, ao ficarem em casa, tendem a se exercitar com menos frequência.  Os dados são de um estudo da Sociedade Brasileira de Estudos da Dor (Sbed). Outra informação vem da Organização Mundial da Saúde (OMS): as principais queixas são, especialmente, nos tendões e articulações.

ler mais

Saúde: principal preocupação do brasileiro no pós-pandemia

A saúde aparece em primeiro lugar dentre as preocupações das famílias brasileiras no pós-pandemia (62%), seguida de questões financeiras como dívidas, orçamento e poupança (somam 53%), trabalho e renda (30%) e educação (23%). Lazer figura em último lugar (19%). Os dados são de um levantamento inédito do Instituto de Pesquisas Sociais, Políticas e Econômicas (Ipespe), feito entre os dias 7 e 15 de julho, por telefone, com 1,5 mil chefes de família em todo o país.

ler mais

Amizade verdadeira: um dos ‘medicamentos’ mais eficazes

Hoje, no Dia do Amigo, quero compartilhar com vocês uma história singela, da qual faço parte, cuja dimensão vai além das fronteiras do consultório. No final de 2017 fui procurada por uma paciente, recém diagnosticada com câncer de mama. Durante as consultas ficamos bastante próximas. À princípio nossas conversas se resumiam ao desenrolar do tratamento: exames, quadro clínico, medicações, etc.

ler mais

O isolamento social não pode impedi-lo de salvar vidas: doe sangue

A necessidade de isolamento social devido à pandemia de Covid-19 trouxe o receio da população em manter o hábito de doar sangue, o que fez com que os estoques usados para pacientes que sofrem de outras doenças e precisam passar por procedimentos que dependem das transfusões caíssem significativamente, segundo levantamento recente da Associação Brasileira de Hematologia, Hemoterapia e Terapia Celular (ABHH).

ler mais

Como cuidar de pacientes com câncer em tempos de coronavírus

A pandemia de coronavírus trouxe consigo um novo problema: o medo do brasileiro de ir ao médico tratar outras doenças, que costumavam ser a maioria nos corredores de hospitais: câncer e cardiopatias. Desde que a COVID-19 chegou por aqui, no final de fevereiro, ao menos 50 mil pessoas deixaram de ser diagnosticadas com câncer. Outros milhares de pacientes, já com o tumor detectado, tiveram os tratamentos suspensos. As estimativas são das Sociedades Brasileiras de Patologia e de Cirurgia Oncológica.

ler mais

Precisamos falar sobre hipertensão

Hoje quero conversar com você acerca de uma doença crônica sobre a qual precisamos ficar atentos: a hipertensão arterial, caracterizada pelos níveis elevados da pressão sanguínea nas artérias. Ela acontece quando os valores das pressões máxima e mínima são iguais ou ultrapassam os 140/90 mmHg (ou 14 por 9). Nessa situação o coração precisa exercer um esforço maior do que o normal para fazer com que o sangue seja distribuído corretamente no corpo.

ler mais

CETUS HOSPITAL – DIA ONCOLOGIA S/A | CNPJ: 03.203.091/0001-50 |  Responsável Técnico: Dr. Victor Hugo Rodrigues CRMMG 28818