Casos de estresse e ansiedade crescem 80% com pandemia

Antes da pandemia o Brasil já era o segundo no ranking de população mais estressada do mundo, de acordo com uma pesquisa de 2017, realizada pelo International Stress Management Association. Agora, um levantamento recente da Universidade do Rio de Janeiro (UERJ), mostrou que os casos de estresse e ansiedade aumentaram em 80% com o distanciamento social.

ler mais

Fumantes têm 45% mais chances de complicações com a Covid-19

Neste Dia Nacional de Combate ao Fumo, um alerta divulgado pela Sociedade Paulista de Pneumologia e Tisiologia de São Paulo: a pessoa que fuma, ao entrar em contato com a Covid-19, torna-se ainda mais vulnerável, com 45% mais chances de sofrer complicações de saúde. Isso acontece porque o pulmão do tabagista possui, em grande quantidade, uma célula que produz muco para proteger as paredes do órgão das toxinas do cigarro. Esta célula tem uma substância que funciona como âncora para o coronavírus, permitindo a infecção e fazendo com que ela penetre mais profundamente no pulmão.

ler mais

Clínica da Dor: novo serviço do Cetus Oncologia

Pelo menos 37% da população brasileira sente dor de forma crônica. Esse percentual pode aumentar ainda mais com o isolamento social, já que as pessoas, ao ficarem em casa, tendem a se exercitar com menos frequência.  Os dados são de um estudo da Sociedade Brasileira de Estudos da Dor (Sbed). Outra informação vem da Organização Mundial da Saúde (OMS): as principais queixas são, especialmente, nos tendões e articulações.

ler mais

Saúde: principal preocupação do brasileiro no pós-pandemia

A saúde aparece em primeiro lugar dentre as preocupações das famílias brasileiras no pós-pandemia (62%), seguida de questões financeiras como dívidas, orçamento e poupança (somam 53%), trabalho e renda (30%) e educação (23%). Lazer figura em último lugar (19%). Os dados são de um levantamento inédito do Instituto de Pesquisas Sociais, Políticas e Econômicas (Ipespe), feito entre os dias 7 e 15 de julho, por telefone, com 1,5 mil chefes de família em todo o país.

ler mais

Amizade verdadeira: um dos ‘medicamentos’ mais eficazes

Hoje, no Dia do Amigo, quero compartilhar com vocês uma história singela, da qual faço parte, cuja dimensão vai além das fronteiras do consultório. No final de 2017 fui procurada por uma paciente, recém diagnosticada com câncer de mama. Durante as consultas ficamos bastante próximas. À princípio nossas conversas se resumiam ao desenrolar do tratamento: exames, quadro clínico, medicações, etc.

ler mais

O isolamento social não pode impedi-lo de salvar vidas: doe sangue

A necessidade de isolamento social devido à pandemia de Covid-19 trouxe o receio da população em manter o hábito de doar sangue, o que fez com que os estoques usados para pacientes que sofrem de outras doenças e precisam passar por procedimentos que dependem das transfusões caíssem significativamente, segundo levantamento recente da Associação Brasileira de Hematologia, Hemoterapia e Terapia Celular (ABHH).

ler mais

Como cuidar de pacientes com câncer em tempos de coronavírus

A pandemia de coronavírus trouxe consigo um novo problema: o medo do brasileiro de ir ao médico tratar outras doenças, que costumavam ser a maioria nos corredores de hospitais: câncer e cardiopatias. Desde que a COVID-19 chegou por aqui, no final de fevereiro, ao menos 50 mil pessoas deixaram de ser diagnosticadas com câncer. Outros milhares de pacientes, já com o tumor detectado, tiveram os tratamentos suspensos. As estimativas são das Sociedades Brasileiras de Patologia e de Cirurgia Oncológica.

ler mais

Precisamos falar sobre hipertensão

Hoje quero conversar com você acerca de uma doença crônica sobre a qual precisamos ficar atentos: a hipertensão arterial, caracterizada pelos níveis elevados da pressão sanguínea nas artérias. Ela acontece quando os valores das pressões máxima e mínima são iguais ou ultrapassam os 140/90 mmHg (ou 14 por 9). Nessa situação o coração precisa exercer um esforço maior do que o normal para fazer com que o sangue seja distribuído corretamente no corpo.

ler mais

CETUS HOSPITAL – DIA ONCOLOGIA S/A | CNPJ: 03.203.091/0001-50 |  Responsável Técnico: Dr. Victor Hugo Rodrigues CRMMG 28818